Trata Aqui V

Era uma vez uma empresa que queria construir um parque de estacionamento privado. Como as relações com o Sr. Silva eram laboriosas e excelentes, em vez de comprar os terrenos anexos (ou ver se a CM lhos vendia a 50 cêntimos o metro quadrado) pede e a CM trata de  lho fazer, em terrenos privados, às custas do contribuinte. Engenhoso, não é?

Tendo em conta outras situações já ocorridas, de conhecimento público, poderemos dizer que estranho seria que este pedido não fosse feito, inspirado numa outra situação passada onde uma outra empresa recorreu a maquinaria da autarquia para lhe fazer um parque de estacionamento privativo. Se uns podem, outros poderão, terão pensado.

Se uns podem, outros poderão, pensará ao vulgar contribuinte. Se quiser usufruir de semelhante benesse, arranjar um jardim, um lugar para o carro, bastará que ceda à Autarquia, por via de protocolo, uns metros de pavê e a terra que retirar do espaço que quer intervencionar. E olhe que pode até vedar e controlar o acesso ao espaço depois. Ameace que emigra, que não vota no edil, que os seus direitos são (pelo menos em teoria e no papel) iguais aos demais.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s